Budismo Mahayana

Pergunta: Por que nos dias de hoje o Mahayana está quebrado?

Resposta: A transmissão do Zen, da experiência, está correta. Quando os monges a recebem, eles recebem os preceitos que são corretos e fundamentais. Hoje em dia o Mahayana está quebrado porque os preceitos não são mais respeitados.

Hoje em dia os monges tibetanos não mais reconhecem monges japoneses como tal, porque “monge” quer dizer estar sozinho e muitos monges se casam, então são meramente padres. Se diz em japonês, como brincadeira:

– “Você é monge Zen”
– “Sim, sou monge Zen japonês”.

Isso é um jogo de palavras, porque “monge” em japonês quer também dizer “problema”, então a pergunta fica sendo:

“Você é um ‘problema’ Zen?”

Os monges ou padres Zen continuam a praticar, é uma função nova, um outro Mahayana, talvez o Mahayana do século que vem porque o Budismo não é somente monges, padres, lamas, são todos os seres humanos. É isso que afirma o “Fukanzazengi” de Mestre Dogen, a prática do Zen é universal, para todo mundo. Não se escolhe monge ou leigo, homem ou mulher, velho ou jovem.

Qual é a parte fundamental dos preceitos? Isso já é uma outra pergunta e nós a devemos estudar para reconstruir. É possível se receber o Dharma, a ordenação e a iluminação e se ter uma vida pessoal problemática e escandalosa.